Início » Inovação social » O que é uma inovação? – Tentativas de problematização

O que é uma inovação? – Tentativas de problematização

Postado por Cécile Petitgand 12 de julho de 2015 Deixe um comentário

o-que-e-uma-inovacao

Para podermos nos debruçar sobre a questão da inovação, referir-se às definições e proposições elaboradas pelo Manual de Oslo é um bom começo. O Manual foi editado pela primeira vez em 1990 pela Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE), com o objetivo de orientar e padronizar conceitos, metodologias e indicadores estatísticos para medir a inovação em países industrializados.

No Brasil, a primeira tradução para o português foi produzida e divulgada em 2004. A edição mais recente, de 2005, do Manual de Oslo agrega as atualizações apresentadas na terceira edição do documento.

Tipos de inovações

Segundo o Manual de Oslo, uma inovação é ¨a implementação de um produto (bem ou serviço) novo ou significativamente melhorado, ou um processo, ou um novo método de marketing, ou um novo método organizacional nas práticas de negócios, na organização do local de trabalho ou nas relações externas¨.

Diferenciam-se quatro tipos de inovação: 

Inovação de produto

Uma inovação de produto é a introdução de um bem ou serviço novo ou significativamente melhorado no que concerne a suas características ou usos previstos. Incluem-se melhoramentos significativos em especificações técnicas, componentes e materiais, softwares incorporados, facilidade de uso ou outras características funcionais.

Inovação de processo

Uma inovação de processo é a implementação de um método de produção ou distribuição novo ou significativamente melhorado. Incluem-se mudanças significativas em técnicas, equipamentos e/ou softwares.

Inovação de marketing

Uma inovação de marketing é a implementação de um novo método de marketing com mudanças significativas na concepção do produto ou em sua embalagem, no posicionamento do produto, em sua promoção ou na fixação de preços.

Inovação organizacional

Uma inovação organizacional é a implementação de um novo método organizacional nas práticas de negócios da empresa, na organização do seu local de trabalho ou em suas relações externas.

O que é uma inovação ¨de verdade¨?

Primeiro, é importante apontar que um inovação pode ter características que aparecem em mais de um tipo de inovação. Por exemplo, uma empresa que introduz um novo produto que também requer o desenvolvimento de um novo processo é claramente uma inovação tanto de produto como de processo. Por exemplo, o microcrédito pode ser considerado como uma inovação de produto que requer também, para ser implementado com eficiência, uma inovação de processo. Muhammad Yunus, ao organizar através da Grameen Bank os primeiros micro-empréstimos para mulheres do Bangladesh, implementou por exemplo um sistema de responsabilidade coletiva para o reembolso dos microcréditos que permite baixar consideravelmente a taxa de inadimplência. Portanto, o micro-crédito combina uma inovação de produto (empréstimos de baixo valor para pessoas pobres que não possuem colateral) e pelo menos uma inovação de processo (a responsabilidade coletiva pelo reembolso).

Além disso, pode-se questionar a real habilidade que temos de podermos distinguir uma inovação de uma simples replicação de processo entre organizações. Portanto, ¨Quem inovou primeiro?¨ é uma pergunta que pode permanecer sem resposta. Durante minha viagem no Bangladesh, uma jornalista por exemplo me contou que muitas pessoas não acreditavam que o Muhammad Yunus seja o verdadeiro inventor do micro-crédito, já que algumas organizações tinham começado a distribuir micro-empréstimos antes da instituição da Grameen Bank. A ONG chamada BRAC, segundo esta mulher, teria servido de modelo para o economista bengalês implementar um sistema bem-sucedido de negócio social.

Finalmente, a pesar da existência de definições e processos elaborados para avaliar e medir inovações, me parece ainda muito delicada a questão de determinar o que é uma inovação social.

Qual definição você daria de uma inovação social? Será que é só uma inovação que tenha um impacto social? Todas as sugestões são bem-vindas!

Sobre Cécile Petitgand

Cécile Petitgand
Doutoranda em administração na Universidade Paris-Dauphine e na USP, sou apaixonada pelas inovações desenvolvidas pelas organizações que pretendem usar os mecanismos de mercado para resolver grandes problemas sociais e ambientais. Acredito no poder de mudança do empreendedorismo e no grande potencial das novas redes de comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *