Início » Incubadoras / Aceleradoras » O negócio social segundo Muhammad Yunus

O negócio social segundo Muhammad Yunus

Postado por Cécile Petitgand 23 de outubro de 2014 Deixe um comentário

Yunus_Muhammad

Muhammad Yunus, ganhador do Prêmio Nobel da Paz em 2006, é o fundador da Grameen Bank, instituição de microcrédito que foi criada no Bangladesh com o intuito de emprestar dinheiro às populações rurais mais pobres do país, as quais não conseguiam ter acesso ao crédito ou costumavam pedir empréstimos dos agiotas locais a juros exuberantes.

Segundo a visão de Muhammad Yunus, exposta no seu livro Um Mundo sem Pobreza, os negócios sociais são empresas que tem a única missão de resolver um problema social, elas são auto-sustentáveis financeiramente e não distribuem dividendos aos acionistas. Essa definição não é compartilhada por todos os teoristas dos negócios sociais. No entanto, ganharia a ser melhor conhecida e estudada, portanto decidi expor para vocês os princípios do negócio social tais como foram definidos pelo mais famoso iniciador deste movimento.

Valores à raiz de seu negócio

Muhammad Yunus acredita no poder empreendedor e inovador das pessoas de poucos recursos. Faltam-lhes, segundo ele, um escasso aporte de capital para poderem implementar sua idéia de negócio e alavancar seus projetos. Foi esse tipo de aporte que o Yunus fez ao emprestar em 1972 apenas 27 dólares da sua própria conta a 42 mulheres que viviam abaixo da linha da pobreza na vila de Jobra, no Bangladesh. À sua grande surpresa, o valor do empréstimo foi inteiramente reembolsado. Esta experiência deu um impulso à iniciativa de Yunus de fundar a Grameen Bank para ampliar o microcrédito à escala do Bangladesh.

Hoje em dia, a Grameen Bank cresceu e se tornou um sucesso internacional. No Bangladesh, a empresa conta com 8,4 milhões de mutuários, 97% dos quais são mulheres, e desembolsa mais de 1,5 bilhões de dólares por ano. O modelo foi copiado no mundo inteiro, tanto em países em desenvolvimento quanto em países industrializados.

7 princípios do negócio social

Os 7 princípios do negócio social elaborados por Muhammad Yunus podem ser encontrados no site brasileiro da incubadora Yunus Negócios Sociais (Yunus Social Business) que os traduziu da edição original inglesa escrita pelo empreendedor. Me inspirei nesta página para apresentá-los aqui:

1. O negócio social tem como primeiro objetivo reduzir a pobreza ou solucionar problemas sociais e ambientais (como educação, saúde, acesso a tecnologia e microcrédito e questões ambientais) que ameaçam as pessoas e a sociedade. O objetivo do negócio social não é a maximização do lucro.

2. O negócios social é financeira e economicamente sustentável. Não depende de doações, mas gera receitas suficientes para cobrir seus custos.

3. Investidores recebem de volta somente o valor que investiram no negócio. Nenhum dividendo é pago aos acionistas além do investimento inicial que podem recuperar.

4. Depois que o investimento for devolvido, o lucro gerado fica na empresa para ampliação do impacto social e melhoria de seu funcionamento.

5. O negócio social é ambientalmente consciente.

6. Colaboradores do negócio social recebem uma remuneração ao valor do mercado e usufruem melhores condições de trabalho.

7. … Tudo isso deve ser  feito com alegria!

Yunus Negócios Sociais – incubadora de empresas brasileiras

Hoje a Yunus Negócios Sociais se dedica à incubação e aceleração de negócios sociais brasileiros que compartilham os mesmos valores e princípios que o fundador da Grameen Bank. A incubadora seleciona cada ano negócios sociais para serem incubados ou acelerados considerando principalmente 3 critérios:

1. O potencial de impacto social que a iniciativa pode gerar;

2. A solidez da idéia e do plano de negócio incluindo a sua sustentabilidade financeira;

3. O empreendedor ou grupo de empreendedores que estarão a frente do negócio.

 

Já começou o primeiro ciclo de incubação dos negócios sociais paulistanos que foram selecionados pela Yunus Negócios Sociais.

Espero ter a oportunidade de acompanhar esse processo e informá-los logo neste blog sobre seu desenvolvimento!

Sobre Cécile Petitgand

Cécile Petitgand
Doutoranda em administração na Universidade Paris-Dauphine e na USP, sou apaixonada pelas inovações desenvolvidas pelas organizações que pretendem usar os mecanismos de mercado para resolver grandes problemas sociais e ambientais. Acredito no poder de mudança do empreendedorismo e no grande potencial das novas redes de comunicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *